da chegada das caravelas

28
Out 15

Os CTT lançam na quarta-feira uma emissão filatélica que assinala os 500 anos da chegada dos portugueses a Timor-Leste, recuperando imagens do modo de vida do povo timorense naquela altura, divulgaram hoje os Correios de Portugal.

 

 

Segundo o comunicado dos CTT, “esta emissão é composta por dois selos e um bloco filatélico. Um selo com o valor facial de 0,80 cêntimos e uma tiragem de 115.000 exemplares; e outro selo com o valor facial de um euro e uma tiragem de 165.000 exemplares. O bloco filatélico tem o valor de 2,50 euros e uma tiragem de 40.000 exemplares”.

 

De acordo com o comunicado, um dos selos dessa emissão, designada por "Portugal e Timor-Leste - 500 Anos", “mostra-nos um pormenor em desenho da costa norte da Ilha de Solor”.

 

“Esta pequena ilha, que na segunda metade do século XVI foi ocupada sobretudo por missionários dominicanos, serviu de base às atividades empreendidas em Timor. A importância desta ilha para os interesses portugueses na região encontra-se testemunhada na carta de Fernão Vaz Dourado, datada de 1576”, sublinhou a nota.

 

De acordo com o comunicado dos CTT, “a Casa de Lantau é apresentada noutro selo, uma casa muito importante na cultura timorense que carrega consigo diversos simbolismos”.

 

O bloco filatélico, segundo os CTT, “mostra uma miniatura de casa timorense, feita em tiras de palma, uma imagem da Coleção do Museu Nacional de Etnologia”.

 

"Entre 1512 e 1513, o piloto Francisco Rodrigues, foi o primeiro português a cartografar a ilha tendo-a identificado como 'a ilha de Timor onde nasce o sândalo', uma informação preciosa sobre a ilha e sobre esta madeira tão importante no tráfico comercial, muito apreciada na China e na Índia", lê-se no documento.

 

“O interesse no comércio de sândalo fez com que os portugueses começassem a frequentar de forma organizada, a partir de 1515, a ilha de Timor”, sublinha a nota.

 

As obliterações de primeiro dia serão feitas nas lojas dos CTT dos Restauradores (Lisboa), Município (Porto), Zarco (Funchal), e Antero de Quental (Ponta Delgada), de acordo com o comunicado.

 

com Lusa

publika husi sapotl às 10:32

Outubru 2015
Dom
Seg
Ter
Kua
Kin
Ses
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
30
31


arkivu
tags

tags hotu-hotu

konaba ba ha'u
Peskiza
 
blogs SAPO