da chegada das caravelas

17
Set 15

 

 

Max Stahl está a preparar um filme sobre a chegada dos portugueses ao Oecussi. Neste novo projecto pretende explorar as raízes da identidade timorense e o impacto do encontro com os portugueses. Numa entrevista ao Expresso adianta que: 

 

“É muito interessante tentar entender e interpretar o porquê de um português qualquer abandonar o país para chegar a um lugar onde estatisticamente era a morte certa que o esperava. E ficava lá às vezes a vida inteira com pessoas totalmente diferentes.


Porquê? E quais são os laços entre os primeiros cristãos a chegar a Timor e os valores atuais dos timorenses? Os timorenses mesmo a custo da própria morte nunca aceitaram a ocupação indonésia. Porquê? Porque era um insulto à sua dignidade. Os timorenses usam muito esta palavra: dignidade. E o que me fascina é o que significa essa dignidade, de onde vem essa ideia”

 

Fonte: Entrevista de Max Stahl ao Expresso 17/08/2015

publika husi sapotl às 16:12

Setembru 2015
Dom
Seg
Ter
Kua
Kin
Ses
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
30


arkivu
tags

tags hotu-hotu

konaba ba ha'u
Peskiza
 
blogs SAPO